Viva Xerém: da Baixada Fluminense para o mundo da música

Distrito de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, a região de Xerém enfrenta os desafios sociais e econômicos que marcam a realidade do Estado do Rio de Janeiro nos últimos anos. A partir desse contexto, o projeto Viva Xerém utiliza a música como um instrumento para transformar o presente e o futuro de crianças e jovens, criando oportunidades de desenvolvimento humano e perspectivas de trabalho e geração de renda.

O projeto atende hoje cerca de 150 estudantes, vindos de Xerém e arredores, incluindo uma turma formada apenas por bebês, a partir dos 10 meses de vida. As aulas abrangem desde aspectos primordiais da percepção musical até a formação instrumental mais específica, em 7 diferentes áreas de estudo: Musicalização; Iniciação Artística; Cordas (violino, viola e violoncelo); Cordas Dedilhadas (violão, bandolim e cavaquinho); Piano e Percussão; Sopros (flauta doce, flauta transversa e clarineta); e Canto Coral.

Composto por um grupo de professores colaboradores e coordenado por musicistas com sólida formação acadêmica, Viva Xerém promove a autoestima da comunidade ao valorizar suas tradições e memórias musicais. A identidade cultural local é um dos principais norteadores do projeto, que incentiva o aparecimento de novos talentos em dimensões da música como a performance e a composição, bem como a participação das famílias e de instituições da região nas atividades desenvolvidas.

Em termos pedagógicos, o projeto investe em um processo continuado de capacitação, e contempla referências teóricas e práticas, o estímulo ao potencial criativo de cada aluno e o trabalho em equipe. Os estudantes mais avançados atuam na formação dos mais novos, através de uma dinâmica que favorece as relações de parceria e situações de aprendizado em conjunto.

Em um cenário carente de opções de formação artística, a iniciativa faz o papel de unir a experiência sociocultural das crianças e dos jovens de Xerém às possibilidades que se abrirão em sua vida adulta, como a inserção no mundo do trabalho. O projeto busca assim fortalecer o pertencimento desses novos cidadãos à sua região de origem, colaborando para que sejam os principais agentes de sua transformação.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>